Você conhece os sentidos dos gatos?

  1. AUDIÇÃO

As orelhas de um gato giram até 180º devido aos 32 músculos que a compõem conseguindo assim dirigir facilmente as orelhas para a fonte de ruído e move-las de forma independente.

Eles conseguem ouvir sons agudos que as pessoas não conseguem e ainda conseguem ouvir estes sons estando a 20m de distância: Humanos ouvem frequências até cerca de 20kHz e Gatos ouvem frequências até 65 kHz.

2. VISÃO

A visão é um dos principais sentidos dos gatos, eles conseguem ver nitidamente tudo o que esteja até seis metros de distância, a distâncias maiores os gatos percebem apenas o movimento sem que consigam ver contornos definidos.

Gatos tem uma excelente visão periférica e sua visão noturna é 8 vezes melhor que a nossa. Isso porque seus olhos possuem o que é conhecido como Tapetum lucidum, uma espécie de ‘cristalino’ que reflete a luz. Esta membrana é essencial para a visão dos gatos no escuro.

Os gatos reagem apenas às cores violeta, azul, verde e amarelo, com isso, eles não conseguem ver um espectro tão rico de tons. Por isso durante o dia eles tem a visão embaçada e não conseguem ver os objetos em detalhes.

3. PALADAR

Não é a toa que os gatos são exigentes na hora de se alimentar, as 470 papilas gustativas que os gatinhos possuem não os permitem comer qualquer alimento. Elas não são tão sensíveis, por isso eles contam com o olfato na hora de escolher seu alimento.

Os gatos têm um órgão vomeronasal adicional, o órgão de Jacobson, que está localizado na cavidade bucal. Este órgão permite que o gato analise melhor os odores, como se ele “cheirasse pela boca”, ele detecta substâncias químicas distintas, como por exemplo feromonas.

Eles distinguem os sabores azedo, salgado e amargo e s são indiferentes ao sabor doce.

4. OLFATO

O nariz de um gato tem certa de 200 milhões de células olfatórias sensíveis. Os humanos possuem apenas cinco milhões

Além do uso do olfato para atividades ligadas à alimentação, os gatos também usam para se comunicar com outros animais.⠀

Um gato só abre a boca para comer se o alimento lhe cheirar bem.

5. TATO

Os bigodes e os pelos sensitivos na porção posterior das patas, ajudam no trabalho de investigação dos ambientes. Esses pelos táteis ajudam a perceber os objetos ao seu redor e decidir, por exemplo, passar através de uma abertura estreita.⠀

Os bigodes são sensíveis às correntes de ar, por isso são úteis para detectar possíveis presas; e são úteis para ele saber se pode ou não passar por um caminho estreito, pois o comprimento da ponta do bigode de um lado do rosto até a ponta do seu oposto coincide com o largura do corpo do gato.

Suas almofadas das patas são muito sensíveis a vibrações, tanto que ajudam a adotar a postura correta ao caminhar ou correr.

6. O SEXTO SENTIDO DOS GATOS

Você acredita que os gatos possam ter um sexto sentido?

Este sexto sentido refere-se à capacidade dos gatos de se anteciparem a acontecimentos futuros. Por exemplo, gatas que levam os seus gatinhos para um local seguro antes de um incêndio ou os gatos que se apercebem de uma doença fatal do dono.

Alguns humanos não acreditam que os gatos possuam um sexto sentido, mas todo gateiro que se preza e convive com um gato sabe que muitos dos seus comportamentos continuam a ser um mistério!